Divertidamente – Pixar

Divertidamente: Há tempos a Pixar vem nos presenteando com seus filmes, a lista é extensa; Toy Story, Up, Wall-e, Procurando Nemo, e tantos outros. Porém o filme que impressionou e emocionou o mundo em 2015 é o primeiro dela que quero destacar. Divertidamente é uma obra-prima, é um filme daqueles em que o espectador se entrega involuntariamente a trama devido a beleza dos personagens, aos detalhes carinhosamente cuidados.

O filme conta a história de Riley, uma garota de 11 anos que sofre uma mudança abrupta em sua vida; devido ao trabalho de seu pai a família é obrigada a mudar de estado, sendo que saem de Minnesota, estado frio e ao norte dos Estados Unidos, para Sao Francisco, no quente e movimentado estado da Califórnia. Essa mudança provoca várias reações na pequena Riley e é aí que o filme se destaca, a história é contada dentro da cabeça de Riley, dando destaque as suas emoções. Pela trama o filme já vale em si, porém destaco Divertidamente devido a sua criatividade. Ao demonstrar as emoções dentro da cabeça da criança eles conseguem explicar de uma maneira divertida situações sérias como a depressão, crises de identidade, raiva, ansiedade.

Geralmente não resumo a trama de um filme da maneira que atrapalhe a descoberta do espectador, e pretendo manter esse estilo nesta resenha, porém quero lembrar alguns detalhes para quem já viu e trazer a atenção nesses momentos para quem ainda vai assistir; a mente de Riley, como criança, ainda é liderada pela alegria, a de seu pai, adulto, é liderada pela raiva, o que demonstra que ele pode ter sofrido ou ainda sofrer de problemas com a raiva.

Outro exemplo desses é a mãe de Riley, que na trama se demonstra tranquila, porém tem sua mente liderada pela tristeza, o que leva e entender que ela tem ou superou a depressão. Vários desses detalhes são deixados para o espectador perceber o carinho e a atenção que a Pixar demonstrou nessa obra.

O filme vale muito a pena, é entretenimento garantido para adultos e crianças, e, no meu caso, deixou saudade assim que saí do cinema e também o desejo de que a Pixar fizesse uma continuação demonstrando a adolescência e a vida adulta da personagem, pois a forma como demonstraram nossas emoções até hoje me impressiona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s